A reação Guarani Kaiowá e o contra-ataque dos poderosos

O povo Guarani Kaiowá de Mato Grosso do Sul não assistiu calado à ocupação de seu território. Pelo contrário, muitos resistiram desde que o território que hoje corresponde ao sul desse Estado foi incorporado ao Brasil, após o fim da Guerra do Paraguai. Sobretudo nas últimas três décadas, após a redemocratização brasileira, as manifestações das lideranças indígenas ganharam espaço no estado, principalmente através da grande Assembléia Guarani, a Aty Guasu.


Após a guerra entre Brasil e Paraguai, entre 1864 e 1870, foi registrada, com  detalhes, a presença dos Guarani (falantes do dialeto Nhandéwa) e Kaiowá na fronteira entre Brasil e Paraguai. Mesmo assim, foi assinado um contrato entre o Estado brasileiro, à época um Império, e a Cia. Matte Larangeira, permitindo a exploração da erva-mate na região em que estavam os indígenas.

Os trabalhadores envolvidos no serviço da extração da erva-mate já eram Guarani. Como, para a realização desse extrativismo vegetal, não se expulsavam os indígenas do seu território tradicional, havia poucos conflitos entre os Guarani-Kaiowá e os não indígenas. Entretanto o Imperador Dom Pedro II observou que aquela área pretendida pelo Paraguai era uma área de florestas e muito pouco povoada. Então, convidou fazendeiros de São Paulo e Paraná a ocuparem aquele grande espaço, sem se importar com a presença dos Guarani Kaiowá e Guarani Nhandéwa.

Os primeiros fazendeiros a se estabelecer na área tinham que derrubar a floresta muito semelhante à Mata Atlântica e com espécies iguais ou muito semelhantes para plantar ou fazer o pasto para gado.

Fonte: Diário Liberdade

Continue lendo o texto de Tonico Benites e Heitor Awá aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s