Mbya-guarani reivindica mata nativa para produzir

A tribo indígena Mbyá-guarani registrou suas reivindicações em carta elaborada no IV Encontro de Artesãos Guarani no RS, que reuniu cerca de 70 pessoas entre 9 e 11 de outubro na Aldeia da Lomba do Pinheiro, na Capital. O documento será entregue a instituições e órgãos que trabalham com a questão indígena. O evento é uma promoção conjunta da tribo Mbyá e do Instituto de Estudos Culturais e Ambientais. No texto, representantes das aldeias Lomba do Pinheiro, Estiva, Itapuã, Rio Capivari, Granja Vargas e Passo Grande apontam as dificuldades enfrentadas pela etnia. “É tradição Mbyá acampar um período do ano para pescar, coletar frutas nativas e comercializar o artesanato. Os locais de acampamento devem ser reconhecidos como terras indígenas e ter boas condições ambientais, necessárias para a permanência das famílias”, diz o documento.

Conforme as lideranças da etnia, as demarcações de terras para os guarani devem incluir áreas com mata nativa com disponibilidade de matéria-prima para a produção do artesanato e remédios naturais, além de condições para caça e cultivo de alimentos tradicionais. O coordenador da Funai na região Metropolitana, João Maurício Farias, admite que as áreas guaranis carecem de recursos naturais para o artesanato e que os programas de recuperação empreendidos pela Emater e pela Funai são insuficientes para a demanda. Farias argumenta ainda que a dívida histórica com os povos indígenas não é apenas da Funai, mas de todos os brasileiros.

por Silvana Losekann

Originalmente publicado em Defender.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s